Seturn - 16/11

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

16/09/2013 15h05 - Atualizado em 16/09/2013 15h43

Governo garante apoio à Anorc para realização da Festa do Boi

Na reunião ocorrida no último sábado (14), foram definidas também diretrizes para a manutenção do programa do leite.

Por: Alex Costa

notícias relacionadas

Uma reunião entre o governo do Estado e representantes de sindicatos e associações agropecuárias do RN foi realizada no último sábado (14), com o objetivo de promover diretrizes e discutir medidas relacionadas à realização da tradicional Festa do Boi. Há menos de um mês e meio para a realização do evento, o governo do estado ainda não havia disponibilizado recursos para a concretização do evento.

O investimento do Governo do Estado é semelhante ao ocorrido na última edição da festa; cerca de R$ 380 mil serão repassados para os organizadores da festa para a realização da exposição que já tem data marcada. O evento ocorrerá entre os dias 12 e 20 de outubro, no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim. De acordo com o presidente da Anorc, Marcos Aurélio de Sá, o apoio para a realização da 51ª edição da festa do Boi é essencial para que o evento dê certo. "É um compromisso anual. A governadora sabe que a festa depende de recursos oriundos do Governo do Estado. A resposta de apoio foi positiva, como esperado", afirmou.

Considerada um dos maiores eventos agropecuários do Nordeste, a Festa do Boi terá, este ano, cinco mil animais expostos e ocorrerá num momento em que pela primeira vez, em cinco anos, o Rio Grande do Norte recebeu o status de livre da febre aftosa em todo o território.

Segundo Marcos Aurélio, a expectativa é de que haja crescimento nesta edição da feira. São esperados mais visitantes de outros estados, bem como a realização de um maior número de negócios. "Todas as argolas já foram vendidas. Com o RN como uma área livre da febre aftosa, o investidor não tem medo de comprar e vender aqui", comemorou.

Programa do Leite é questionado por produtores

No encontro do último sábado (14) foram discutidas também as medidas para melhoria do Programa do Leite. A governadora assegurou que determinará a Emater uma avaliação minuciosa do DNA do leite do RN, um dos pleitos dos representantes presentes, além de uma ação que visa assegurar que o valor pago aos produtores seja exclusivamente dedicado aos criadores do Estado.

Rosalba Ciarlini lembrou que hoje o Estado é responsável por um repasse superior a 90% do valor global do Programa do Leite. Em outros estados do Nordeste o valor pago pelo Governo Federal chega a 80%. No RN, o litro do leite de vaca e cabra foi reajustado, saindo de R$ 0,93 para R$ 1,15, e de R$ 1,50 para R$1,60, respectivamente. O aumento foi concedido no último dia 24 de maio.

O presidente do Sindleite, Dalton Cunha, agradeceu a governadora o empenho do Governo do RN em relação ao campo. "Em virtude da seca, vamos somar esforços para atravessar essa crise" disse o presidente, destacando a isenção de 100% do ICMS sobre produtos lácteos. A medida é adotada no Estado desde agosto do ano passado quando a chefe do Executivo Estadual assinou um decreto durante a Festa do Bode, em Mossoró.

 

Fonte: Assecom RN


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo