Mais RN - 01/08/2022

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

23/11/2010 16h54 - Atualizado em 24/11/2010 14h46

Arena das Dunas: propostas de consórcios serão conhecidas nesta quarta-feira

Abertura dos envelopes já foi adiada duas vezes neste mês.

Por: Felipe Gibson

notícias relacionadas

Adiada duas vezes neste mês, a abertura das propostas interessados na construção do estádio Arena das Dunas deve acontecer nesta quarta-feira (24). Cinco consórcios concorrem à licitação no modelo Parceria Público-Privada (PPP). Os envelopes serão abertos em evento realizado na Secretaria de Turismo (Setur) às 10h.

Depois de conhecidas as propostas, a comissão que organiza a Copa de 2014 em Natal divulgará em um prazo de 24 horas se os documentos dos grupos interessados estão de acordo com as normas exigidas no processo licitatório.

Em matéria publicada no último dia 16 no Portal Mercado Aberto, o gestor da Copa em Natal, Fernando Fernandes, informou que após este processo inicial, serão mais duas avaliações, de capacidade técnica e preços oferecidos pelos consórcios. Caso seja constatada alguma irregularidade, a empresa será automaticamente eliminada da briga pela licitação.

A empresa vencedora da concorrência para a construção do estádio deve ser conhecida até o final do ano.

Um total de 27 empresas comprou o edital da PPP em Natal. Muitas são empresas que de alguma forma têm negócios na área de construção civil e têm o interesse de ser fornecedor de material ou serviço. Apesar do número de inscrições, os interessados na construção e manutenção do estádio são cinco.

Orçado em R$ 420 milhões, o estádio Arena das Dunas será construído no espaço onde hoje estão o estádio Machadão e ginásio Machadinho. A previsão é que ambos sejam demolidos até março de 2011.

Adiamentos

Natal foi a última das 12 cidades-sede a lançar o edital referente à construção do estádio. Quando o processo parecia andar, vieram mais problemas e a data de abertura dos envelopes foi adiada por duas vezes.

Primeiro a data foi remarcada do dia 4 para 16 deste mês a pedido das empresas participantes do processo licitatório. Na segunda vez o motivo foi o artigo 21 do edital, que segundo os Ministérios Públicos, federal e estadual, dava margem à interpretação de que a empresa Stadia Projetos Consultoria e Engenharia seria contratada para a execução de projetos executivos complementares sem licitação.

O governo fez a correção do item e publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) do último dia 13, mas se viu obrigado a adiar a abertura da propostas para realizar os ajustes necessários no edital.

 


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo