SSTU

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

25/07/2011 10h27

Microempresários potiguares são beneficiados com investimentos do BNB

Os financiamentos às micro e pequenas empresas norte-rio-grandenses cresceram 30%. Ao todo, foram investidos mais de R$ 108 milhões em operações de crédito.

notícias relacionadas

Os financiamentos do Banco do Nordeste no Rio Grande do Norte chegaram a R$ 847 milhões no primeiro semestre de 2011, um crescimento de 119%, em relação ao mesmo período do ano passado. Os números foram anunciados pelo presidente da instituição financeira, Jurandir Vieira Santiago, em visita ao estado.

Do total investido, cerca de 40% (R$ 332 milhões) foram destinados ao setor industrial, enquanto o setor de comércio e serviços obteve recursos da ordem de R$ 220,6 milhões, o que representa 27% do valor global. A área de infraestrutura registrou R$ 200,00 milhões em contratações e o segmento rural R$ 60 milhões.

De acordo com o superintendente estadual do Banco do Nordeste no RN, José Maria Vilar, no segundo semestre, a expansão dos financiamentos deverá ser mantida. "De acordo com o Banco Central, o BNB responde por 66,3% de todos os financiamentos de longo prazo destinados ao Rio Grande do Norte, excluindo-se o crédito imobiliário. No setor rural, nossa participação é superior a 78,7%. Temos trabalhado fortemente para expandir cada vez mais nosso apoio ao fortalecimento da economia no estado", disse.

Créditos para os pequenos
Os programas de microcrédito da instituição financeira, voltados para microempreendedores informais das áreas urbana (Crediamigo) e rural (Agroamigo) superam a marca de R$ 90 milhões, em mais de 60 mil contratos.

Já os financiamentos às micro e pequenas empresas norte-rio-grandenses cresceram 30%. Ao todo, foram investidos mais de R$ 108 milhões junto ao segmento, em 7.116 operações de crédito. O valor destinado a empreendimentos fora da área metropolitana de Natal responde por 84% do total investido, com destaque para os municípios localizados nas regiões Oeste e Seridó.

O superintendente avalia que a concessão de crédito tem contribuído para o fortalecimento da economia potiguar. "Os empreendimentos de pequeno e médio porte têm uma grande capacidade de geração de empregos em relação ao volume de capital investido, o que nos faz crer que isso deve estar contribuindo para a manutenção da economia aquecida, especialmente no interior do estado", finalizou.

 

Fonte: Banco do Nordeste


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo