STTU 06/05/22

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

08/09/2011 09h01 - Atualizado em 08/09/2011 09h03

Empresários potiguares participam de rodada de negociações na Escócia

Os pontos mais importantes da agenda são a rodada de negócios entre empresas britânicas e brasileiras e a participação na SPE Offshore Europe 2011.

notícias relacionadas

Um grupo de seis empresários do setor de Petróleo, Gás e Energia do Rio Grande do Norte embarcaram para uma missão empresarial da Escócia. A expectativa é abrir novos canais de relacionamento e fechar negócios em âmbito internacional. Os pontos mais importantes da agenda são a rodada de negócios entre empresas britânicas e brasileiras e a participação na SPE Offshore Europe 2011.

Esse evento, trata-se de uma conferência e exposição internacional de produtos e serviços relacionados à cadeia produtiva do petróleo que acontece a cada dois anos. Nesta edição, será realizada na cidade de Aberdeen, na Escócia, a feira conta com 1.400 expositores de 94 países.

O grupo saiu do Rio Grande do Norte na semana passada e se juntou à empresários do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul. Integram a missão as empresas Engepetrol, Brindes Maxwell, Classiguia, Geopetro, Mafram e Metalúrgica Açolar. A iniciativa é do Sebrae e tem o apoio do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia (IFRN) e do Programa de Internacionalização de Empresas (Prointer), que é desenvolvido pelo SEBRAE-RJ.

O estande brasileiro na feira será compartilhado por órgãos como o Instituto Brasileiro do Petróleo (IBP), a Organização Nacional da Indústria do Petróleo (Onip) e o Prointer.

Oriundos de Mossoró e Alto do Rodrigues, que são importantes polos de produção de petróleo no Rio Grande do Norte, os empresários também participarão de um seminário, que vai abordar as principais tendências no setor de petróleo e gás no Mar do Norte. A ação faz parte das estratégias do projeto Cadeia Produtiva do Petróleo, Gás e Energia do RN, conduzido pelo Sebrae-RN.
"Esses empresários terão acesso a novos conhecimentos e tecnologias que podem agregar valor aos seus produtos e serviços, além de prospectar novos mercados", justifica o gestor do projeto, Edilton Cavalcanti. Segundo o executivo, o grupo conhecerá bases de apoio Offshore (produção em mar), localizadas no Porto de Aberdeen, bem como fará visitas técnicas já agendadas a empresas locais e instituições tecnológicas.

EXPERTISE
Para a gerente da Unidade de Desenvolvimento da Indústria do Sebrae-RN, Auxiliadora Sales, a missao é válida para que as empresas possam adquirir conhecimento e verificar no cenário internacional as principais novidades, soluções e ferramentas mais complexas. Requisitos fundamentais para se tornar competitivo em uma corrida tecnológica e para acelerar um bom negócio.
"Nossas empresas têm essa expertise, uma certa facilidade de se adaptar aos novos processos, sobretudo as pequenas. E a participação numa missão internacional é a oportunidade de visualizar experiências diferenciadas na área de inovação tecnológica. Por mais simples que seja, uma novidade pode dar um incremento ao negócio, já que esse setor demanda alto nível de criatividade", diz a gerente.

Empresários da cadeia produtiva do petróleo do RN já haviam participado no ano passado da Global Petroleum Show, no Canadá. A missão rendeu bons resultados sob o aspecto de intercâmbio comercial e tecnológico. Empresas canadenses vieram em novembro ao Rio Grande do Norte conhecer o trabalho da Redepetro-RN.

A partir dessa experiência no mercado internacional, algumas empresas associadas da rede demonstraram interesse em participar do SPE Offshore Europe. "Esse evento representa uma excelente oportunidade, através do seu extenso programa, de conhecer os últimos desenvolvimentos técnicos voltados para o mundo upstream", garante Auxiliadora Sales.

 

Fonte: Agência Sebrae RN


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo