Seturn - 17/01/22

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

14/11/2011 17h34 - Atualizado em 14/11/2011 17h37

BB reduz juros de linhas após medidas de estímulo ao crédito do Banco Central

Taxas para financiamento de carros, crédito consignado e crédito direto ao consumidor diminuíram

notícias relacionadas

No primeiro dia útil após o Banco Central (BC) aliviar as restrições ao crédito de curto prazo para pessoa física, o Banco do Brasil (BB) acompanhou o movimento e reduziu os juros em algumas linhas de crédito. Em comunicado divulgado hoje (14), o BB informou que as taxas ficarão menores nas operações que tiveram a exigência de capital reduzida pela autoridade monetária.

Os cortes variam de acordo com o tipo de linha e o prazo. A compra de veículos em até 60 meses terá os juros diminuídos em até 0,5 ponto percentual. A redução será de até 0,4 ponto no crédito consignado de 37 a 60 meses. Nas linhas de crédito direto ao consumidor (CDC) entre 25 e 36 meses, a taxa caiu 0,2 ponto.

De acordo com o BB, as reduções nos juros seguem as medidas adotadas pelo Banco Central e mantêm a competitividade da instituição no sistema financeiro. “[O corte nos juros] mantém alinhamento com as medidas adotadas pelo Banco Central, que têm por objetivo contribuir com o aquecimento da economia por meio do crédito de consumo, porém, de forma responsável", destacou o banco na nota.

Na noite de sexta-feira (11), o Banco Central anunciou mudanças no cálculo das reservas que os bancos são obrigados a manter para fazer frente à concessão de crédito. As linhas de até 60 meses tiveram o limite diminuído. As operações de mais de 60 meses, no entanto, tiveram a exigência de capital dobrada. As mudanças afetaram o CDC, o crédito consignado e o financiamento de veículos.

 

Fonte: Agência Brasil


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo