STTU 06/05/22

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

30/05/2012 18h28 - Atualizado em 30/05/2012 18h55

Bares e restaurantes do Rio Grande do Norte poderão usar máquina móvel de cartão

Reivindicação da Fecomério/RN e Abrasel/RN é finalmente atendida pela Tributação estadual

Por: Marcelo Lima

notícias relacionadas

Depois de oito anos de reivindicação, o sistema Fecomércio/RN ao lado da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) no Estado conseguiram que o Rio Grande do Norte permitisse a máquina de cartão de crédito/débito do tipo POS. Isso significa que os bares e restaurantes potiguares poderão utilizar a máquina de cartão sem fio.

O decreto que autoriza o uso do aparelho foi assinado nesta quarta-feira (30) à tarde pela governadora Rosalba Ciarlini no auditório da Governadoria. Por consequência, a publicação no Diário Oficial do Estado ocorrerá amanhã.

“O que muda é o conforto e agilidade para o cliente”, disse Max Fonseca, presidente da Abrasel/RN. Com o atual sistema preso a fios, os clientes devem ir ao caixa para pagar suas contas em bares e restaurantes por meio do cartão. Essa situação gera o desconforto das filas.  O pior de tudo é que o sistema móvel já existe há muito tempo e é autorizado por praticamente todos os Estados brasileiros.

Por ser um Estado turístico, a discrepância tecnológica ficava muito evidente. “Os turistas olhavam para nós como se fossemos um bando de índios, que vivem na era pré-wireless [tecnologia sem fio]”, expôs o presidente da Abrasel/RN.

A governadora Rosalba Ciarlini rememorou um dia de sol e mar em outro Estado, quando viu a chegar a máquina móvel chegar à beira da praia. “A gente se sente inferiorizado mesmo. Como um estado turístico, como o nosso, não ter isso?”, ressaltou. A chefe do Executivo estadual também demonstrou confiança no novo sistema. “Com certeza teremos um resultado ainda maior na nossa arrecadação”, completou.

Postos de combustíveis ficam de fora

O presidente interino do sistema Fecomércio/RN, Gilberto Costa, comentou o atraso do Estado e lembrou que o conforto também poderia se estender aos clientes de outros tipos de estabelecimento. “Essa luta da Abrasel foi encampada pela Federação do Comércio. No Brasil, só o Rio Grande do Norte e o Piauí não tinham esse tipo de máquina. Acredito que deveria ser ampliado para os postos de combustíveis também”, declarou.

Sobre os postos, o secretário de estadual de Tributação, José Airton da Silva, respondeu que “vai ficar assim até que a gente perceba que deu certo nesse segmento, aí a gente pode avançar”.

Conforme o responsável pela Tributação, o Estado não permitia o uso do POS móvel porque facilitava a sonegação fiscal. “Foi difícil para o fisco estadual desenvolver um sistema seguro”, disse. Com o decreto, os estabelecimentos terão que fazer um credenciamento na Unidade Virtual de Tributação, que pode ser acessada por meio do site da Secretária de Estadual de Tributação (SET)

 


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo