Mais RN - 01/08/2022

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

17/03/2015 09h35

IPC-S das capitais registrou aumento de 1,49%

Cinco das sete capitais pesquisadas registraram acréscimo em suas taxas de variação

notícias relacionadas

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) de 15 de março de 2015 registrou aumento de 1,49%, 0,23 ponto percentual acima da taxa divulgada na última apuração, ocorrida em 7 de março. Na última apuração o índice chegou a 1,26%.

Cinco das sete capitais pesquisadas registraram acréscimo em suas taxas de variação: o maior aumento, correspondente a 0,48 ponto percentual, ocorreu em Porto Alegre: o índice passou de 1,22% para 1,7%. O maior aumento, em termos absolutos, ocorreu em Brasília: o índice passou de 1,49% para 1,87%.

O IPC-S é uma versão do Índice de Preços ao Consumidor (IPC). O IPC mede a variação de preços de um conjunto fixo de bens e serviços componentes de despesas habituais de famílias com renda entre um e 33 salários mínimos mensais. A pesquisa de preços ocorre diariamente, cobrindo sete das principais capitais do país: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Porto Alegre e Brasília.

O IPC-S baseia-se em um sistema de coleta quadrissemanal, com encerramento em quatro datas pré-estabelecidas (7, 15, 22 e 31). Apesar de a coleta ser semanal, a apuração das taxas de variação leva em conta a média dos preços coletados nas quatro últimas semanas até a data de fechamento.

As outras capitais que também registraram aumento de IPC-S foram as seguintes: Rio de Janeiro, de 1,09% para 1,42%; e São Paulo, de 1,30% para 1,50%. Belo Horizonte registrou o mesmo índice: 1,49%. Recife foi a única capital que registrou decréscimo de IPC-S: de 1,11% para 0,81%, queda de 0,30 pontos percentuais.

Fonte: Agência Brasil


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo