Seturn - 17/12

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

05/09/2011 18h01 - Atualizado em 06/09/2011 14h56

Projovem Trabalhador capacitará 8 mil jovens para o mercado de trabalho no RN

Meta inicial do projeto é que pelo menos 30% dos jovens saiam dos cursos com carteira assinada no estado.

Por: Felipe Gibson

notícias relacionadas

Oito mil jovens serão capacitados para entrar no mercado de trabalho do Rio Grande do Norte a partir do Projovem Trabalhador, que teve convênio assinado nesta segunda-feira (05) entre o governo estadual e federal. O investimento será de R$ 15 milhões, a serem aplicados na execução do projeto em 35 municípios potiguares. O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, que cumpre agenda em Natal durante todo o dia, conta que a meta inicial é que pelo menos 30% dos inscritos saia dos cursos com carteira assinada.

Na solenidade de assinatura do projeto, realizada no auditório da Governadoria, o ministro Carlos Lupi explicou ainda que o projeto é direcionado para famílias com renda de até um salário mínimo. Enquanto o governo federal financia, ao Estado e as prefeirutas dos municípios cabe a missão de executar e articular parcerias de empresários e instituições para o Projovem Trabalhador. "Não são empregos do Estado nem Município, e sim privado", pontua o ministro do Trabalho.

A partir da assinatura do convênio, o governo terá quatro meses de preparação, segundo informou o secretário estadual do Trabalho e Assistência Social, Luiz Eduardo Carneiro, tempo no qual serão desenvolvidas parcerias para a implementação dos cursos. Os jovens participarão da capacitação por quatro horas diárias em um total de 350 horas.

Luiz Eduardo Carneiro resumiu a importância do projeto com dados de que 200 mil jovens estão desempregados atualmente no RN. Além disso, ele colocou que o nível de pobreza no estado tem chegado a índices preocupantes, principalmente na área urbana. "Não é uma adesão somente política, mas uma adesão do trabalho", discursou o titular da Secretaria Estadual do Trabalho e Assistência Social (Sethas).

Para a governadora Rosalba Ciarlini, as cidades escolhidas para o desenvolvimento do projeto foram aquelas que apresentam potencial para desenvolver mão de obra. "Nossa visão é preparar a mão de obra e gerar empregabilidade às cidades, em setores como Turismo, Têxtil, Serviços, entre outros", disse a líder do poder estadual.

No total são oito mil vagas para os cursos, das quais 1 mil vão para o município de Parnamirim, que também assinou convênio com o Ministério do Trabalho.

Além de Carlos Lupi, que representou o Ministério do Trabalho e Emprego, o ministro Garibaldi Filho, da Previdência Social, também participou da solenidade na Governadoria.

Ministro cumpre agenda até a noite

Após a solenidade, Lupi foi ao bairro da Ribeira para inauguração do anexo da Superintendência Regional do Trabalho. Às 18 horas, ele e Carlos Eduardo coordenam reunião com membros do PDT e, logo depois (19 horas), Lupi encerra sua programação em Natal com uma palestra para estudantes e empresários na Universidade Potiguar (UnP) – unidade da avenida Engenheiro Roberto Freire.


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo