SSTU

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

20/02/2014 09h25 - Atualizado em 20/02/2014 09h31

Pesquisa do Sinduscon mostra queda na oferta de imóveis residenciais

notícias relacionadas

 A oferta de imóveis residenciais na grande Natal caiu em todos os meses do trimestre outubro-dezembro de 2013. Em outubro foram ofertados 5.767 imóveis contra 5.437 em dezembro. Essa redução se refletiu no mercado de trabalho, que, no período, cortou 300 postos. A informação consta da pesquisa Indicadores do Mercado Imobiliário divulgada hoje (18), pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Rio Grande do Norte.

“2013 poderia ter sido melhor, quando comparado com os três anos anteriores, mas não somos desconectados do resto do Brasil, que teve pequeno crescimento nesse período”. Tivemos o mercado possível”, analisou o presidente do Sinduscon, Arnaldo Gaspar Júnior, que se mostrou otimista com as perspectivas para este ano.

Atualmente o estoque de imóveis residenciais prontos para morar chega 5.437 unidades. Caso as vendas se mantenham no patamar atual e não ocorrerem novos lançamentos, o que é improvável, esse estoque será zerado em vinte meses. A diminuição de lançamentos poderá levar a aumento de preços dos imóveis, obedecendo à lei da oferta e da procura.

Essa realidade, segundo o presidente do Sinduscon, tornou o mercado nesse momento mais atrativo para o consumidor. “Esta é uma excelente hora para quem pretende comprar um imóvel”, afirmou Arnaldo Gaspar Júnior.

Segundo o presidente do Sinduscon, as pesquisas realizadas até agora pela entidade “mostram cabalmente que não existe bolha imobiliária em Natal”.

De acordo com o diretor do Sinduscon, Carlos Luiz, reportagem da revista Exame publicada recentemente revelou que Natal tem um dos metros quadrados mais baratos do país, ficando entre R$ 4.500 a R$ 5.000 o metro quadrado.

*Fonte: Sinduscon RN


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo