SSTU

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

14/08/2013 11h51

Comércio estagnado no primeiro semestre do ano

No acumulado do ano, Rio Grande do Norte tem se destacado positivamente

notícias relacionadas

Segundo dados de junho da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada hoje pelo IBGE, o volume de vendas do comércio varejista apresentou variação de +1,7% em relação ao mesmo mês do ano passado. As maiores altas na comparação anual ocorreram nos ramos de combustíveis e lubrificantes (+8,1%) e artigos de uso pessoal e doméstico (+7,8%). Por outro lado, as vendas de tecidos, vestuário e calçados apresentaram o pior desempenho ante os demais setores (-3,2%) e evitaram uma oscilação mais expressiva do indicador. No acumulado do ano, Mato Grosso do Sul (+12,0%), Rio Grande do Norte (+9,2%) e Paraíba (+9,1%) têm se destacado positivamente.


Para a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o resultado de junho confirmou o primeiro semestre de 2013 como o mais fraco em termos de crescimento de vendas desde 2003, independentemente de ajustes sazonais. A expectativa é que os dados relativos a julho revelem variação de +0,7% sobre o mês anterior. Contribuem para a desaceleração do varejo este ano a acomodação do mercado de trabalho, que teve expansão de 1,5% na massa real de rendimentos nos últimos 12 meses, além da perda de fôlego na concessão de crédito aos consumidores (+5,9% em relação a junho de 2012). A expectativa da CNC é que o volume de vendas feche 2013 com alta de 3,8% em relação a 2012. Ao final do ano, deverão se sobressair os ramos de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (+8,9%) e artigos de uso pessoal e doméstico (+6,4%).

Fonte: CNC - Confederação Nacional do Comércio


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo