Seturn - 17/01/22

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

12/07/2012 09h29 - Atualizado em 12/07/2012 17h21

Empresários do setor turístico de Macau passam por capacitação

Promovida pelo Sebrae no Rio Grande do Norte, por meio do Escritório Regional do Vale do Açu, a capacitação prossegue até a próxima sexta-feira (13).


notícias relacionadas

Atentos a um mercado promissor, resultante, especialmente da necessidade de suprir a mão de obra ligada ao setor petrolífero, empresários do segmento turístico de Macau, município distante 190 quilômetros de Natal, apostam na capacitação como forma de fortalecer a atividade por meio da promoção de melhorias nos serviços prestados.

Equipamentos turísticos ligados ao ramo de alimentação participam da I Semana de Meios de Hospedagem, Alimentação e Serviços, que tem como foco a difusão de práticas de manipulação segura de alimentos.

Promovida pelo Sebrae no Rio Grande do Norte, por meio do Escritório Regional do Vale do Açu, a capacitação prossegue até a próxima sexta-feira (13) e é resultado de deficiências detectadas pelos próprios empresários do setor, que responde pela demanda turística, especialmente àquela ligada ao turismo ocupacional, fruto do elevado índice de empresas prestadoras de serviço da Petrobras instaladas no município. A ideia é levar o evento a outros municípios do Pólo Costa Branca.

Com base em um cronograma diversificado, proprietários de pousadas, hotéis, restaurantes, bares e padarias estão conhecendo técnicas para lidar e minimizar com temas relacionados à higienização de instalações, de equipamentos, manejo de resíduos, controle de pragas urbanas, e, principalmente, manipulação higiênica de alimentos.

"Muitos destes empresários até procuram fazer melhor, diferente, mas o que nós observamos, é que falta conhecimento. O curso veio para modificar esse panorama, e certamente todos se beneficiarão com os resultados de ter à disposição uma alimentação segura", destaca a consultora do Sebrae-RN Juliana Leão, que ministra o curso.

Com duração de 20 horas, o curso alerta para os cuidados com doenças, como a amebíase, salmonelose, e outras infecções alimentares, que têm origem de microorganismos presentes nos alimentos manipulados de forma errada. "Conhecendo os métodos de higienização e eliminação de parasitas e microorganismos transmissores de doenças, os empresários vão oferecer alimento seguro, e evitarão os riscos do empreendimento ter má reputação em termos de alimentação", detalha.

Durante a I Semana dos Meios de Hospedagem, Alimentação e Serviços, o Sebrae realiza seminários com as temáticas de motivação, marketing nas mídias sociais para meios de hospedagem, além de elaboração de cardápio, e degustação de alimentos.

 

Fonte: Agência Sebrae RN


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo