Sesi RN - Escola

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

05/06/2013 11h54 - Atualizado em 05/06/2013 11h56

ENEL discute alternativas para pecuária do Nordeste

O Encontro Nordestino do Setor de Leite e Derivados começa nesta quarta-feira (5), com foco na recuperação da pecuária leiteira.

notícias relacionadas

A seca que atingiu o sertão nordestino nos últimos dois anos afetou a pecuária de praticamente todos os estados da região, contribuindo para quedas na produção de leite e de carne devido à morte de parte do rebanho. As soluções para retomar o ritmo de crescimento da pecuária leiteira estarão no centro dos debates do XI Encontro Nordestino do Setor de Leite e Derivados (Enel), que será aberto nesta quarta-feira (5), às 19h, no tatersal do Parque de Exposições Aristófanes Fernandes, em Parnamirim (RN). O evento vai reunir produtores, especialistas e autoridade do segmento agropecuário de várias partes do País para discutir alternativas capazes de conter o declínio da atividade e fortalecer a bacia leiteira da região. O Enel é promovido pelo Sebrae no Rio Grande do Norte e a Associação Norte-rio-grandense de Criadores (Anorc), com apoio de diversos parceiros.

As consequências da estiagem serão abordadas no painel Práticas de Convivência com a Seca, previsto para ocorrer na manhã do dia 6. A mesa será composta por especialistas no assunto dos nove estados do Nordeste com o intuito de se chegar a saídas para driblar a baixa produtividade da pecuária em épocas de estiagem e ações de convivências com períodos de poucas chuvas. O assunto entra em pauta novamente no dia 8, com Encontro de Secretários Municipais de Agricultura do Nordeste. Estão sendo esperados ao menos 350 secretários, que vão se inteira de programas e políticas para atender às necessidades da pecuária nordestina. O encontro deve nortear as principais políticas de incentivo ao desenvolvimento da atividade leiteira em âmbito municipal.

A programação do Enel terá a vitrine de lácteos – um espaço de 90 metros quadrados com mix completo de produtos derivados de leite vindos de todos os estados nordestinos - e concurso de queijos regionais, com destaque para os de leite caprino. O Espaço Sebrae no Parque Aristófanes Fernandes será ocupado com uma exposição de máquinas, equipamentos, serviços, insumos e embalagens. Além disso, será realizado também o torneio leiteiro com as raças bovinas de Girolando, Gir, Holandês, Sindi, Guzerá e Mestiça, assim como exposição, julgamento e leilão de animais, tanto bovinos (dia 7) quanto eqüinos (dia 8). Estão sendo esperados 300 animais bovinos para exposição, enquanto o leilões contarão com 100 equinos e mil ovinocaprinos.

A programação do evento terá capacitações práticas e teóricas, com cursos, minicursos, palestras, painéis e mesa-redonda, envolvendo temas, como morfologia para caprinos e ovinos leiteiros, produção de biomassa à base de mandioca, dietas a partir de volumosos, inovação tecnológica nas propriedades rurais, aplicação de Nisina em queijos artesanais, fabricação de iogurte e bebidas lácteas, fabricação de queijo de minas frescal, estruturação de pequenos laticínios para comercialização de produtos, cálculo da quantidade de forragem para o rebanho, utilização da palma forrageira, pragas e doenças que afetam a palma, melhoramento genético de ovinos e caprinos, ordenha higiênica, entre outros.

Um dos destaques é o curso de apresentação e casqueamento de animais, que terá conteúdos teóricos e, principalmente, práticos. Essa capacitação será ministrada durante todos os dias do evento. Na área de derivados do leite, as capacitações serão ministradas pelo corpo técnico da maior escola de laticínios do Brasil, o Instituto Cândido Tostes, de Minas Gerais.

Na programação do encontro, consta ainda uma mesa redonda sobre oportunidades de crédito para quem busca custeio, investimento e comercialização no setor leiteiro, com participação de agentes do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Banco do Brasil e Caixa. Em outra mesa redonda, serão apresentadas as experiências exitosas do projeto Balde Cheio no Nordeste. Na abertura, será realizado o Encontro Norte/Nordeste de Gestores da Carteira de Leite e Derivados do Sistema Sebrae. O Enel funcionará das 8h às 18h. O credenciamento ocorrerá até às 16h, quando o parque será aberto para visitação do público em geral, já que o evento terá uma programação cultural. A taxa de entrada será de R$ 2,00.

 

*Fonte: Sebrae RN


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo