Potigás - 03/08

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

03/02/2014 08h51 - Atualizado em 03/02/2014 08h57

Sebrae capacita mais de 5 mil potiguares com Empretec

A realização da ducentésima turma do Empretec no Rio Grande do Norte foi comemorada com encontro entre participantes formados nos últimos 16 anos

notícias relacionadas

A necessidade de identificar pontos frágeis na vida pessoal e profissional assim como a vontade de realçar características do comportamento empreendedor levaram 5,2 mil potiguares a participar do Empretec. O seminário tem metodologia desenvolvida pela Organização das Nações Unidas (ONU) e aplicada com exclusividade no Brasil pelo Sebrae. Em 16 anos, o Sebrae no Rio Grande do Norte formou 200 turmas, tornando-se um dos estados com o maior número de turmas compostas desde o início do programa, em 1998. Para comemorar o feito, a Instituição promoveu, nesta quinta-feira (30), um encontro que reuniu participantes de todas as turmas.

No total, o Empretec contempla 60 horas de capacitação durante seis dias consecutivos em período integral, proporcionando uma completa imersão com método interativo e prático, que exige dedicação de cada participante. O grande desafio é se comportar enquanto empreendedor em tempo integral e potencializar essa característica com atividades práticas. O seminário enfatiza o comportamento com intuito de auxiliar os empresários a identificar e multiplicar talentos.

É isso que Vanderson Oliveira está descobrindo. Integrante da ducentésima turma, que encerra neste sábado (1), o empreendedor passou grande parte da carreira atuando na parte comercial de empresas do setor automotivo desde 2005 e agora se prepara para o desafio de comandar a primeira concessionária da Mercedes-Benz no Rio Grande do Norte para vendas de carros de passeio. Em meio aos preparativos para a estreia, o jovem encontrou tempo para se capacitar fazendo o Empretec. “Tenho aprendido a reconhecer as minhas falhas e trabalhar para saná-las”, diz.

Durante o seminário, cada participante precisa montar um negócio executável, chamado de empresa-cria, e, no caso de Vanderson Oliveira, foi a empresa Doce Tema, cuja proposta é produzir bolos temáticos com aplicação de logomarcas, brasões de time de futebol e outras ilustrações, além de cupcakes. “Utilizei as técnicas de vendas de automóveis para a comercialização dos bolos. O resultado está sendo bacana”. Até agora, o empreendedor já vendeu 19 bolos, que custam R$ 100 cada, e 50 cupcakes, apenas divulgando em seu perfil nas redes sociais.

O professor universitário José Arimates também teve uma experiência positiva acerca do Empretec. Integrante da quarta turma no estado, formada em 1999, o docente da cadeira de empreendedorismo conta o que despertou o interesse em fazer o curso de imersão à época. “O Empretec era moderno demais em termo de método. Então decidi participar e isso mudou a minha vida. Passei a ministrar aulas com muito mais propriedade e com outro nível de detalhamento, pois o curso une teoria e prática”.

Formalização
Quinze anos depois, o professor universitário decidiu se formalizar como Microempreendedor Individual (MEI) para prestar consultorias, algo que já fazia enquanto pessoa física. “Já prestava esse serviço como professor mas agora quero ser pessoa jurídica, ter a minha própria empresa”.

Essas são apenas algumas das inúmeras histórias de sucesso dos participantes do Empretec ao longo de 16 anos. “Trata-se de um projeto bastante exitoso que vem sendo executado com muito sucesso no Rio Grande do Norte. Fomos um dos primeiros estados a acreditar nessa iniciativa e conseguimos formar uma turma com 18 pessoas em 1998”, ressalta o diretor superintendente do Sebrae-RN, José Ferreira de Melo Neto.

Na última década, o Sebrae tem realizado uma média de 15 turmas de Empretec no estado a cada ano. “Se fizermos a relação entre o número de empresas no estado e número de empreendedores que passaram pelo seminário, veremos que muitos que estão no mercado são frutos do Empretec”, destaca o superintendente.

O encontro contou com a participação da diretoria executiva e da gestora do Empretec no Sebrae-RN, Conceição Moreno. “No Rio Grande do Norte o Empretec tem dado ótimos resultados. A formação de 200 turmas demonstra que estamos no caminho certo e que estamos em sintonia com as necessidades dos empreendedores”, afirma diretor técnico, João Hélio Cavalcanti. Já o diretor de operações, Lázaro Mangabeira, sintetiza o que o seminário causa na vida do participante. “É um curso fundamental porque ajuda a potencializar o que o empreendedor tem de melhor em termos comportamentais para encarar o mercado”.

*Fonte: Sebrae RN


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo