STTU 06/05/22

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

09/02/2015 08h43

Programa prestará orientação gratuita a 11 mil negócios potiguares

O Negócio a Negócio oferece orientação individualizada a empresários e Microempreendedores Individuais (MEI), levando soluções práticas para problemas do cotidiano do empreendimento

notícias relacionadas

Para promover a competitividade e o desenvolvimento autossustentável de pequenos empreendimentos em todo o estado, o Sebrae no Rio Grande do Norte vai estender a atuação do projeto Negócio a Negócio a 11 mil empresas potiguares em 2015. A iniciativa leva atendimento personalizado e gratuito a microempresas, Microempreendedores Individuais (MEI) e potenciais empresários, ofertando soluções para problemas enfrentados no dia a dia do negócio.

De acordo com a gestora do Negócio a Negócio no estado, Jupira Nunes, a maiorias das empresas que serão atendidas pelo projeto é formalizada como MEI, que corresponde a 59% do total a ser contemplado. As microempresas devem representar 30% e outros 11% potenciais empreendedores. “Neste ano, queremos dar uma ênfase maior às orientações para práticas sustentáveis e ecologicamente corretas durante o atendimento. Vamos repassar aos empresários a importância de atenção aos cuidados ambientais atrelados à redução de desperdício em negócios, como salões de beleza e lava-rápido, por exemplo, que utilizam água rotineiramente”, explica Jupira Nunes.

Para participar do Negócio a Negócio, o empresário pode procurar um ponto de atendimento do Sebrae, na capital ou em oito escritórios regionais, no interior do estado. Há também possibilidade de se cadastrar pelo 0800 570 0800. Todo acompanhamento é feito por cerca de 40 Agentes de Orientação empresarial (AOE), capacitados pelo Sebrae, que repassam noções básicas de gestão.

Com o programa, a empresa ganha melhor desempenho de produção ou prestação de serviços, bem como desempenho dos colaboradores, melhorias contínuas nas formas de atuação no mercado, maior controle sobre a área financeira da empresa, longevidade do negócio e satisfação do empresário. “A grande vantagem do programa é que apresenta soluções práticas para problemas cotidianos na área de gestão vividos por empresários de qualquer ramo”, ressalta a gestora.

O programa funciona com três consultorias in loco. No primeiro atendimento, o empresário recebe a visita do AOE, que levanta dados cadastrais e gerenciais da empresa. Essas informações são analisadas por especialistas, que fazem um diagnóstico do negócio.

No segundo atendimento, o empresário recebe um relatório com orientações empresariais. Esse documento aponta ferramentas de gestão para sanar os pontos fracos identificados. Há ainda uma terceira visita à empresa para avaliação dos resultados alcançados e levantamento das dificuldades encontradas na implantação das melhorias indicadas.

Nessa etapa, o empresário também recebe o Caderno de Ferramentas, uma espécie de cartilha que ensina a implantar rotinas essenciais para fortalecimento do negócio, como fluxo de caixa, controle de estoque e cadastro de clientes. Todos os atendimentos são rigorosamente avaliados. Implantado desde 2009, o Negócio a Negócio atendeu até agora mais de 30 mil empresas em todos os  municípios do Rio Grande do Norte.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias RN


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo