Seturn - 17/01/22

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

24/04/2013 09h13

Micro e pequeno empreendedores ampliam oportunidades de negócio com a Copa de 2014

Eventos esportivos no Brasil já geraram mais de R$ 100 milhões em negócios para estes empreendedores, que participam de encontros com outros empresários para firmarem contratos

notícias relacionadas

Grandes eventos esportivos no Brasil, como a Copa das Confederações e a Copa do Mundo de 2014, já renderam mais de R$ 100 milhões em vendas para empresas de micro e pequeno porte de todo o País. Desde 2011, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) realiza encontros de negócio para incentivar as micro e pequenas empresas a aproveitarem as oportunidades da Copa.

Um levantamento encomendado pelo Sebrae à Fundação Getúlio Vargas mapeou 930 possibilidades de negócios em dez setores: agronegócio, madeira e móveis, vestuário, serviços, comércio varejista, construção civil, turismo, Economia Criativa, artesanato e tecnologia da informação.

As rodadas de negócio, realizadas em todas as cidades-sede, aproxima compradores e fornecedores. Os encontros, que acontecerão até 2014, têm como objetivo auxiliar as empresas de micro e pequeno porte a se tornarem mais competitivas.

Experiências

No Rio de Janeiro, a Trelicon, pequena fábrica de material de construção, concluiu o fornecimento de lajes para a obra das quatro rampas de acesso ao Maracanã. Em Belo Horizonte, a Multi Horta, empresa de alimentos que abastece hotéis e restaurantes, teve seu espaço triplicado. Em Canela (RS), os funcionários do alambique Flor de Vale já falam inglês e espanhol para receberem turistas estrangeiros que passarem por Porto Alegre durante o evento.

Em Salvador, o empresário e engenheiro civil Raimundo Dórea percebeu a oportunidade que os grandes eventos esportivos poderiam trazer para a sua empresa, a Engpiso. A empresa presta serviços na colocação dos pisos de concreto em dois estádios que receberão jogos no mundial: a Arena Fonte Nova (Salvador) e a Arena Pernambuco (Recife). As duas obras provocaram o incremento na receita mensal de U$ 300 mil. O prazo de fornecimento para as obras é de 20 meses.

O Sebrae oferece atendimento ao futuro empreendedor, independente do tamanho da empresa, onde este pode fazer uma avaliação da sua empresa por meio de uma ferramenta que irá oferecer as possibilidades de negócios da sua empresa.

Incubadoras
O processo de incubação é um dos mecanismos mais eficazes para lançar e desenvolver novos empreendimentos. No Brasil e no mundo as estatísticas revelam que a taxa de mortalidade de empresas que passam pelo processo de incubação é reduzida de 70% para 20% em comparação com as empresas normais.

A incubadora de empresas estimula o empreendedorismo na medida em que fortalece as empresas em seus primeiros anos de existência e as prepara para sobreviver no mercado. Outra razão para a maior chance de sucesso de empresas instaladas em uma incubadora é a captação dos melhores projetos e a seleção dos empreendedores mais aptos, o que amplia as possibilidades de sucesso dessas empresas.


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo