Mais RN - 01/08/2022

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

03/01/2012 08h46

RN lança nova licitação para fiscalizar obra da Arena das Dunas

Documento deve ser publicado neste mês de janeiro, o valor não foi revelado.

Por: George Fernandes, do Portal da Copa 2014

notícias relacionadas

O governo do Rio Grande do Norte pretende publicar neste mês de janeiro um novo edital de licitação para contratar a empresa que vai fiscalizar a obra daArena das Dunas, estádio que está sendo construído em Natal para a Copa de 2014.

De acordo com o secretário estadual da Copa, Demétrio Torres, o custo da contratação deve ser entre 50% e 40% menor que o previsto na licitação anterior, anulada em novembro e que previa o desembolso de R$ 10,7 milhões.

Segundo Torres, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) entendeu que não era atribuição do governo contratar uma empresa para fazer o acompanhamento físico e financeiro da obra.

A contratação da empresa é uma exigência do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), que vai emprestar R$ 396 milhões para a obra. Os recursos serão repassados à empresa Arena das Dunas Concessão e Eventos S.A, criada a partir da Parceria Público-Privada firmada entre a construtora OAS e o governo do Rio Grande do Norte.

"Acatamos a recomendação do Tribunal de Contas, que entendeu que isso teria um custo indevido para o estado", disse Torres, que estima que o vencedor da nova licitação seja conhecido até abril.

Na opinião do procurador do Ministério Público de Contas Luciano Silva Costa Ramos, a licitação anulada "traduzia no perigo iminente de que o Erário estadual terminasse por arcar com os altos gastos de uma contratação comprovadamente desnecessária e, por conseguinte, hostil ao interesse público formalmente alegado".

Empréstimo
Com a anulação do edital, a OAS foi obrigada a contratar com recursos próprios uma empresa para fazer o acompanhamento da obra. O presidente da Arena das Dunas Concessão e Eventos S.A, Charles Maia, não revelou o custo da auditoria.

O empréstimo do BNDES equivale a 75% do valor total da obra, avaliada em R$ 528 milhões. A expectativa de Maia é que primeira parcela de 20% (R$ 79,2 milhões) seja repassada agora em janeiro.

 


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo