Seturn - 17/01/22

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

15/09/2011 10h04

Materiais esportivos: uma boa oportunidade de negócios para a copa

Comércio de materiais esportivos aparece como uma boa oportunidade de negócio para a copa, mas é preciso atentar para a sustentabilidade do negócio após o evento.

notícias relacionadas

A comercialização de bandeiras, camisas de seleções de futebol, calçados esportivos, bola, meias, luvas e equipamentos náuticos representa uma excelente oportunidade para quem deseja abrir um negócio com foco no Mundial de Futebol de 2014. O estudo Mapa das Oportunidades de Negócios para as Micro e Pequenas Empresas, realizado pelo do Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), mostra que esse segmento está entre as diversas possibilidades de investimentos dentro do setor do comércio.

O estudo aponta a venda de artigos recreativos e esportivos no comércio varejista tanto para torcedores como também os desportistas como uma opção de negócio que pode dar certo e prosperar entre as 122 oportunidades identificadas nas 12 cidades que sediarão os jogos. No caso do Rio Grande do Norte, a comercialização segmentada desses materiais pode ser aproveitada por pequenos empreendedores em seis tipos de diferentes de negócios no setor comercial, área na qual foram identificadas 61 chances de empreender com foco na copa.

A demanda por esses itens deve crescer devido aos eventos esportivos. Estimativas da FGV indicam que, somente no período dos jogos, pelo menos 600 mil turistas estrangeiros visitarão o Brasil e movimentarão cerca de R$ 180 milhões. No entanto, a quantidade de estabelecimentos que vendem especificamente materiais esportivos em Natal é pequena. De acordo com a pesquisa, para alguns tipos de lojas, a densidade é de 0,75, o que significa existir menos de um estabelecimento por localidade, ampliando as chances do negócio prosperar.

"Teoricamente, quanto menor que um for a densidade, maior é a possibilidade de o empreendedor ter mais sucesso. Mas, na prática, há outros fatores que precisam ser levados em conta na hora de abrir um negócio com esse foco", alerta o gestor do Programa Sebrae na Copa no Rio Grande do Norte, Célio Vieira, e acrescenta: "Encontrar diferenciais de mercado é uma forma de se destacar e, no comércio varejista, agregar serviços pode ser uma saída".

SUSTENTABILIDADE
Segundo o executivo, o empresário que se propõe a apostar nesse segmento precisa atentar para as dificuldades existem, buscar conhecimento e planejar bem. Célio Vieira ressalta que, ao montar o plano de negócio, o investidor deve considerar o prazo, já que se trata de um evento com data marcada, conhecer bem o perfil do público consumidor, para garantir a sustentabilidade do negócio. "A copa é passageira e é importante ter um foco, principalmente, se há pretensão de continuar com o empreendimento".

As recomendações fazem sentido, pois o comércio varejista concentra mais da metade das 5,9 milhões de micro e pequenas empresas existentes no país e mais de 99 mil delas estão situadas em shopping centers. Na análise da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), a comercialização de itens esportivos deve crescer até a realização do mundial. "Tivemos um pequeno ensaio com a Copa da África, no ano passado, quando as lojas registraram boas vendas. Com a realização do evento no Brasil, as expectativas são ainda maiores e não apenas para materiais esportivos", argumentou o diretor de relacionamentos institucionais da Alshop, Luís Idelfonso da Silva.

O diretor ratifica que, apesar de promissora, essa área requer muita atenção. "De olho nesse filão, muitos empresários estão se voltando para esse comércio. Mas, para entrar e tirar proveito, é preciso obter conhecimento e aprender com as empresas que já atuam nesse ramo. Não basta apenas aproveitar oportunidade. É necessário ter sustentabilidade para que o negócio possa se perpetuar", afirma Luís Idelfonso Silva.

 

Fonte: Com informações da Agência Sebrae RN


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo