Seturn - 17/01/22

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

10/10/2011 09h45

Fifa não subsidiará meia-entrada em ingressos da Copa, diz jornal

Medida é um dos pontos de discordância entre a entidade e o governo brasileiro.

notícias relacionadas

A Fifa indicou que não subsidiará a meia-entrada em ingressos das partidas da Copa 2014. De acordo com reportagem do jornal "Folha de S.Paulo", a entidade calcula que o prejuízo chegue a US$ 100 milhões (R$ 180 milhões).

A medida é um dos pontos de discordância entre a Fifa e o governo brasileiro. Na segunda-feira (3), a presidente Dilma Rousseff esteve em Bruxelas para discutir com o secretário-geral da entidade, Jerome Valcke, os impasses da Lei Geral da Copa.

Segundo Dilma, o governo federal não poderá interferir no assunto, pois o benefício é previsto por leis estaduais. No entanto, na última quarta (5), a Câmara dos Deputados aprovou o Estatuto da Juventude, que torna o benefício nacional aos estudantes de 15 a 29 anos. O Estatuto do Idoso já garante os descontos às pessoas acima de 60 anos.

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza, criticou a medida de nacionalizar o benefício. Para ele, a proposta deve ser alterada pelos senadores. "Se der meia-entrada para todo mundo, não vai ser mais meia, vai ser integral", disse..

Preço
De acordo com a reportagem, nas últimas Copas do Mundo, os ingressos custaram em média US$ 135 (R$ 245). No Brasil, o valor, com a meia-entrada, pode chegar a US$ 70 (R$ 125).

Entre 2006 e 2010, a Fifa ganhou US$ 4,1 bilhões (R$ 7,3 bilhões). A maior parte desse montante está relacionada com o Mundial sul-africano. A previsão da entidade é que os lucros no quadriênio 2011-2014 sejam maiores.

Até o momento, a entidade já fechou 17 dos 20 contratos com patrocionadores da Copa.

 

Fonte: Portal da Copa 2014


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo