Seturn - 17/01/22

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

15/01/2013 17h29 - Atualizado em 15/01/2013 17h37

Consumo de energia no RN deve aumentar 6,3% durante o verão

Segundo a Cosern, a estimativa é maior do que a média prevista para o Nordeste e para o Brasil

Por: Marcella Mendes

notícias relacionadas

O verão que começou oficialmente no dia 21 de dezembro de 2013 e vai até 21 de março deste ano é sinônimo de mais despesas na conta de luz dos clientes residenciais, que representam 85% dos consumidores do estado. No Rio Grande do Norte, o intenso calor deve gerar um aumento de 6,3% no consumo de energia durante o primeiro quadrimestre de 2013. "A estimativa supera a média prevista para o Nordeste e para o Brasil", afirma o Superintendente Comercial da Cosern, Paulo Medeiros.

Quando as temperaturas sobem, aumenta o uso de ventiladores e ar condicionados, além de equipamentos de refrigeração como freezers e geladeiras. Por isso, a estação mais quente do ano também é marcada pelo crescimento no consumo e desperdício de energia em várias regiões do país, principalmente no Nordeste onde o clima é ainda mais quente.

Além disso, outro fator contribui para que a conta de energia venha mais salgada no final do mês: O período do verão coincide com as férias escolares, quando os filhos passam a maior parte do tempo em casa, na maior parte do tempo, utilizando equipamentos eletrônicos.

Ainda segundo a Cosern, na área rural, o aumento das temperaturas associado à falta de chuvas também resulta em maior utilização de energia elétrica para a irrigação das lavouras.

A Companhia também alerta para algumas medidas que são importantes para o consumo racional de energia elétrica e a redução do desperdício. "Tomando alguns cuidados com eletrodomésticos, o consumidor poderá reduzir em até 50% a conta de energia", ressalta Paulo Medeiros. "A simples substituição da potência do chuveiro na posição "verão" possibilita uma economia de até 30%", acrescenta.

Além do chuveiro elétrico, o ferro elétrico e a máquina de lavar também são vilões do gasto de energia. Uma dica valiosa é que as pessoas utilizem a capacidade máxima desses dois eletrodomésticos, por exemplo, juntando a maior quantidade de roupas para lavar e passar de uma só vez. Outras medidas simples, como desligar o monitor do computador quando não estiver em uso, manter os filtros do ar-condicionado limpos e verificar se as borrachas de vedação do freezer e geladeiras estão em bom estado podem fazer diferença no final do mês.


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo