SELECT depoimentos.*,usuarios.nome as 'autor', usuarios.email as 'email', usuarios.funcao as 'autorfuncao' FROM depoimentos INNER JOIN usuarios ON (depoimentos.idusuario = usuarios.idusuario) WHERE (depoimentos.ativo > 0) AND (depoimentos.idusuario = 30) ORDER BY depoimentos.datacadastro DESC LIMIT 85,5 Portal Mercado Aberto
Sesi RN - Escola

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

BM&FBovespa em negociação para baixar custos.

17/11/2011 12h10

            Os jornais Valor Econômico e o Estado de São Paulo veicularam matérias a respeito da negociação que estaria ocorrendo entre o governo e a BM&FBovespa, a bolsa brasileira, para uma possível retirada da cobrança do IOF de 2% para o investidor estrangeiro no mercado de renda variável.

            O presidente da bolsa, o Sr. Edemir Pinto disse: "acredito mais no curto prazo do que no médio prazo, principalmente em relação ao mercado acionário". As conversas com a equipe econômica já estariam em curso, conforme destacou o executivo. A justificativa dada pelo mesmo é de que quando o governo optou pela taxação a bolsa estava em 70 mil pontos e hoje está com 50 mil, e existem cerca de 45 empresas esperando uma melhoria nas condições de mercado para realizarem a abertura de capital.

            A notícia é positiva para os papéis da bolsa (BVMF3), que operava há instantes em alta de 2,48%, mas também é bastante positiva para as quase 500 empresas listadas, devido ao aumento da liquidez de suas ações.  

    

Adm. Roberto Davi Miranda

Agente de Investimentos autorizado CVM.

e-mail: robertodavi22@hotmail.com / Twitter: @rdavimiranda

Blog: http://debolsocheio.blogspot.com

 


Destaque para ADR’s no feriado.

16/11/2011 09h16

           No dia do feriado da proclamação da república aqui no Brasil, os ADR's (American Depositary Recipts), recibos das ações brasileiras negociados nos EUA, apresentaram um dia de alta na maioria.

            Os ADR's de VALE, PETROBRÁS, GERDAU, AMBEV, apresentaram altas de 1,01%, 0,19%, 0,80%, 1,88%, respectivamente. ADR's como PAO DE AÇUCAR, SANTANDER, ITAUUNIBANCO apresentaram queda de 0,44%, 0,72% e 0,33%.

            As empresas brasileiras utilizam-se de ADR's para promover maior diversificação de seus papéis e também liquidez. Da mesma forma em que os estrangeiros podem negociar ativos brasileiros nos seus mercados domésticos, nós aqui no Brasil temos a possibilidade de investir em papéis estrangeiros via BDR's (Brazilian Depositary Recipts), que são recibos de ativos estrangeiros negociáveis na BOVESPA. É o caso de ativos como COCA-COLA, NIKE, AMAZON.COM, COLGATE-PALMOLIVE, ORACLE, MASTERCARD, CATERPILLAR, entre outros.

             A negociação é feita em mercado de balcão através do sistema megabolsa e a intermediação é feita por meio das corretoras de valores credenciadas na BM&FBOVESPA.
 

  

Adm. Roberto Davi Miranda

Agente de Investimentos autorizado CVM.

e-mail: robertodavi22@hotmail.com / Twitter: @rdavimiranda

Blog: http://debolsocheio.blogspot.com


Fique por dentro – Quarta-feira

09/11/2011 10h14

Mercados Internacionais
 

     Mais um dia em que a volatilidade domina os mercados.Após alívio de ontem, quando os investidores ficaram otimistas com o anúncio de que o primeiro-ministro italian Silvio Berlusconi renunciaria ao cargo após a aprovação do orçamento de 2012, o tom pessimista aumenta hoje nos mercados internacionais. Os Yields dos Bonds italianos batem novos recordes, ultrapassando a crítica marca dos 7,0%, sendo negociados a pouco com rendimento de 7,3% para os bônus de 10 anos. Vale lembrar que foi nesses níveis que a Grécia, Irlanda e Portugal foram obrigados a pedir ajuda financeira.

     Para piorar o sentimento dos investidores, os bônus de prazos mais curtos também sobem forte, e amanhã ocorrerá um leilão de 5 Bilhões de Euros em papéis de curto prazo, o resultado desse leilão também será bastante acompanhado pelo mercado.

      Isso ajuda a puxar para baixo o composto europeu, que há poucos instantes recuava 1,92% e também os índices futuros do S&P (EUA) que operavam em baixa de 2,1%.

     Na contramão do mundo ocidental, a Ásia tem encerramento positivo no dia de hoje, com o composto da região encerrando em alta de 0,9% depois de um alívio proveniente da divulgação de novos dados econômicos chineses. Além disso, os índices foram impulsionados pelo fechamento posivito em Wall Street e da renúncia anunciada por Silvio Berlusconi. Índice de inflação ao consumidor chinês ficou em linha com o esperado, 5,5%.

 

Mercado Nacional

     Apesar dos dados chineses apresentarem uma desaceleração da inflação local, o que corrobora a tese de que o país possa começar a dar incentivos ao crescimento econômico, o nosso mercado deverá ser mais impactado pelo sentimento negativo dos investidores com o aprofundamento da crise de déficit européia, que cada vez mais empurra a Itália para a beira do precipício.
 

Adm. Roberto Davi Miranda

Agente de Investimentos autorizado CVM.

e-mail: robertodavi22@hotmail.com / Twitter: @rdavimiranda

Blog: http://debolsocheio.blogspot.com


Fique por dentro – Terça-feira

08/11/2011 10h02

 Mercados Internacionais

 
     Depois de um dia de fechamento misto entre os mercados, o composto europeu operava em alta de 1,3% e os futuros do S&P seguiam em conjunto, em alta de 0,30%.

     Investidores mais otimistas com o possível desfecho da votação do orçamento italiano, que deverá ter início às 12h30 horário de Brasília. Caso o orçamento não seja aprovado, o atual primeiro ministro do país, Silvio Berlusconi, poderá enfrentar um voto de confiança do governo, o que poderá forçar a sua renúncia.

     Outra dose de otimismo europeu veio ontem à noite, com a divulgação das opções para capitalização de recursos para a Linha de Estabilidade Financeira Européia (EFSF), parte dos detalhes do novo plano de ajuda aprovado semana retrasada em Bruxelas.

     Os investidores também aguardam detalhes sobre a reunião dos ministros das finanças da União Européia, que estão reunidos em Bruxelas desde as 8h da manhã, bem como dados sobre a inflação e a atividade a serem divulgados na China hoje à noite.

 
Mercado Nacional
 

     Mais um dia de acompanhamento dos mercados internacionais para a BOVESPA. Seguindo na esteira otimista por conta da possível troca de comando italiano, onde poderá ter-se a saída de Berlusconi e a possível entrada de Agelo Alfano, presidente do partido da Liberdade. Além disso, o nosso mercado deverá reagir às expectativas em relação a divulgação dos dados sobre inflação e atividade chinesas na madrugada dessa quarta-feira.

 

Adm. Roberto Davi Miranda

Agente de Investimentos autorizado CVM.

e-mail: robertodavi22@hotmail.com / Twitter: @rdavimiranda

Blog: http://debolsocheio.blogspot.com


Fique por dentro – Segunda-feira

07/11/2011 10h22

  Mercados Internacionais

 
     O tom pessimista continua hoje. Depois de uma semana negativa os investidores ainda estão receosos com o desenrolar da crise de déficit européia. Durante o final de semana, na Grécia, o primeiro-ministro George Papandreou renunciou ao cargo após muitas pressões da União Européia, e uma nova coalizão foi formada. Essa terá a missão de implementar novas medidas de austeridade, com a finalidade de garantir que o país continue recebendo ajuda financeira da Europa, continuando na Zona do Euro e evitando assim um calote desordenado.

     Porém mesmo com a boa notícia da Grécia, e com a oposição se unindo para evitar o pior, as atenções se voltaram para a crise de déficit da Itália. Amanhã, dia 08 de novembro, a Câmara baixa do Parlamento do país deverá votar as medidas orçamentárias, e caso essas medidas não forem aprovadas, Berlusconi deverá passar mais uma vez por um voto de confiança, colocando em risco a habilidade política do país em lidar com crise de déficit.

     Deste modo, o composto europeu recuava 1,3% e os futuros do S&P recuavam 1,0%.

     Na Ásia o composto encerrou o dia em queda de 0,45% acompanhando os mercados da última sexta-feira. No Japão a bolsa encerrou em queda de 0,4% com a apreensão dos investidores com relação a resultados de empresas abaixo do esperado. Na China os mercados também caíram com especulações de que não haverá alívio monetário no país, mesmo com a desaceleração econômica já em curso.

 
Mercado Nacional

 
     Mais uma vez o mercado local deverá acompanhar o internacional, que opera na expectativa positiva, depois da notícia grega sobre a renúncia do primeiro-ministro e também pela expectativa de que amanhã seja aprovado o orçamento na Itália. Os receios de que a China não comece a aliviar a sua política monetária ajudaram a trazer mais peso sobre as ações do país, podendo também influenciar as ações daqui.

 
Adm. Roberto Davi Miranda

Agente de Investimentos autorizado CVM.

e-mail: robertodavi22@hotmail.com / Twitter: @rdavimiranda

Blog: http://debolsocheio.blogspot.com



Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo