Seturn - 27/09

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

23/09/2021 14h11

Natal Shopping lança novo modelo de negócio com ponto de vendas temporário

A ideia, pioneira no estado, consiste no aluguel de quiosques - confeccionados pelo empreendimento - para proporcionar e pequenas empresas a experiência de estar no mall

Com foco nas pequenas empresas, o Natal Shopping desenvolveu um novo modelo de negócio - pioneiro no Rio Grande do Norte - para oferecer ao empreendedor a oportunidade de "degustar" a experiência de exposição no mall por um período limitado - o ponto de vendas temporário.

A ideia consiste no aluguel a curto prazo de quiosques projetados pelo empreendimento para que os proprietários de micro e pequenas empresas locais possam ter a oportunidade de estar presentes no espaço de um shopping antes de decidir fazer o investimento em sua própria estrutura.

O superintendente do Natal Shopping, Felipe Furtado, aponta que esse foi o caminho encontrado para proporcionar a novas operações fazerem parte do mix de lojas do empreendimento. "São quatro meses para que o pequeno empresário viva essa experiência nos nossos novos quiosques, projetados para atender aos mais diferentes tipos de negócios. Esse período é ideal para que ele tenha retorno financeiro e possa tomar a decisão da nova etapa que sua empresa pode seguir", declara.

O novo formato é um atrativo especialmente para empreendimentos locais que estejam em ascensão, como é o caso da última novidade do mall, a loja Mística. Com a união de marcas parceiras, a empresa das primas Paloma e Bia Régis surgiu em meio à pandemia no formato digital e, para avançar nas vendas, o quiosque temporário no Natal Shopping foi o escolhido para experimentar o modo presencial.

As sócias dizem que miraram no shopping por considerarem esse um dos espaços de venda mais prestigiados da cidade e que se aproxima do perfil do público da marca, que projeta um plano de expansão.

"Somos uma equipe ousada, e assim que conseguimos colocar em operação nosso marketplace virtual, já começamos a sonhar com um ponto de venda físico, mas não imaginávamos que iríamos tão longe, atendendo nossos clientes no Natal Shopping", comemoram as empreendedoras.

Na estrutura, as empresárias contam com blocos modulados com diferentes formatos de mostruário para mais de 20 opções de produtos entre bijuterias, cangas, ecobags, almofadas, canecas dos signos e velas aromáticas artesanais. Versátil, o quiosque pode acomodar marcas de diversos segmentos.

Furtado antecipa que já há um segundo quiosque em construção. "Com o shopping assumindo o investimento na estrutura, em um formato tão eclético, acreditamos que esse modelo se torne uma tendência na estratégia das pequenas empresas que queiram dar um próximo passo para o crescimento de suas marcas, especialmente nesse momento de retomada da economia", declara o superintendente.

*Mercado*

Segundo a última Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) divulgada pelo IBGE, o reaquecimento no comércio mostra que o momento é propício para investimentos em pontos de vendas presencial que complementam a empresa digital que surgiu na pandemia.

O volume de vendas do comércio varejista no país cresceu 1,2% em julho deste ano, na comparação com o mês anterior, registrando a quarta taxa positiva consecutiva. Entre as oito atividades pesquisadas, a alta mais intensa foi a de artigos de uso pessoal e doméstico (19,1%), seguida de vestuário e calçados (2,8%) e equipamento de escritório e informática (0,6%).

 


0 Comentário

Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP | 59.162-000 | Caixa Postal: 50
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo