Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

28/01/2019 10h45

Governo reúne empresários do Pró-Sertão e confirma apoio para ampliar negócios

Fátima explicou que a Secretaria de Estado da Tributação já trabalha na adaptação do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial (Proadi) para atender as micro e pequenas empresas.

A governadora Fátima Bezerra confirmou o total apoio do Governo do Estado à ampliação do Programa de Industrialização do Interior, o Pró-Sertão. "Estamos aqui, hoje, quando o nosso Governo ainda não completou um mês, externando o nosso compromisso com o fortalecimento e o desenvolvimento deste programa que gera emprego, renda e arrecadação", afirmou Fátima Bezerra aos representantes de 124 oficinas de costura, dirigentes da Federação das Indústrias do RN, do Sistema S, do Sebrae, representantes das bancadas parlamentares na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa, prefeitos e empresários parceiros do Pró-Sertão como a Guararapes/Riachuelo.

Fátima explicou que a administração estadual está trabalhando para viabilizar a alocação de recursos para a instalação de uma Central de Cortes, no município de Parelhas para atender as oficinas, uma reivindicação do setor. "Vamos buscar junto às bancadas federal e estadual emendas aos orçamentos e também junto às empresas parceiras medidas para dar andamento à instalação. O Estado doou o terreno e vai realizar todos os esforços para tornar realidade a Central de Corte que vai dar mais agilidade à produção, agregar valor e fortalecer o Pró-Sertão", informou.

PROADI PARA MICRO E PEQUENOS

Ela ainda explicou que a Secretaria de Estado da Tributação já trabalha na adaptação do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial (Proadi) para atender as micro e pequenas empresas. "Vamos aproveitar um programa que já existe e fazer com que ele beneficie as pequenas e microempresas. Emprego é o que o Rio Grande do Norte mais precisa", argumentou.
A governadora ainda assegurou aos empreendedores das oficinas de costura o apoio da administração estadual na mediação junto aos outros poderes e instituições como o Ministério Público do Trabalho. Também informou o atendimento a outra reivindicação do setor, a que solicitava reuniões semestrais com o Governo do Estado. "Estamos atendendo esta reivindicação, mas vamos fazer melhor. Seis meses é prazo muito longo. Vamos promover estes encontros a cada três meses, com as áreas econômica, tributária e de desenvolvimento do Governo. Quanto mais diálogo melhor", declarou.

SEGURANÇA JURÍDICA E AMBIENTE FAVORÁVEL

Fátima Bezerra ainda reforçou: "O Pró-Sertão merece e terá toda a nossa atenção por que é um programa de grande importância, uma alternativa viável para o semiárido. O Governo do Estado vai garantir segurança jurídica, trabalhar por ambiente favorável aos negócios, ajudar na mediação com as instituições e na busca de novos parceiros para ampliar os investimentos".
Também participaram da reunião o presidente da Associação dos Faccionistas do Seridó, Joselito Gomes, o vice-governador Antenor Roberto, os secretários de Estado do Gabinete Civil, Raimundo Alves, do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, do Planejamento e Finanças, Aldemir Freire e da Tributação, Carlos Eduardo Xavier. O senador Jean Paul Prates representou a bancada federal. Os deputados estaduais Francisco Medeiros e Kleber Rodrigues. Dirigentes do Sebrae, Zeca Melo e João Hélio, representante da Federação das Indústrias do RN (Fiern), Hélder Maranhão, diretor da indústria Guararapes, Jairo Amorim, prefeito de Parelhas, Alexandre Petronilo.

 



0 Comentário

Av. Senador Salgado Filho, 2190 - Ed. Portugal Center - 207/209 - Fone: (84) 3206-9578
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo