Censo - maio

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

29/07/2016 08h26

Governo lança edital para ocupação da Central de Agricultura Familiar

O Governo do Estado lançará nesta segunda-feira (1º), às 10h, o edital de seleção das cooperativas, associações e organizações de agricultores familiares que irão ocupar a Central de Comercialização da Agricultura Familiar em Natal.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca, lançará nesta segunda-feira (1º), às 10h, o edital de seleção das cooperativas, associações e organizações de agricultores familiares que irão ocupar a Central de Comercialização da Agricultura Familiar em Natal, prevista para entrar em operação nos próximos 30 dias. A solenidade acontece no auditório da Governadoria e contará com a presença do governador Robinson Faria e secretário de Agricultura Guilherme Saldanha.

 

Os selecionados irão ocupar 32 boxes, uma lanchonete e 50 pedras para comercialização de produtos agropecuários, hortifrutigranjeiros, cereais, pescado, entre outros. "A Central é uma grande conquista para a agricultura familiar do Rio Grande do Norte, pois os produtores terão um lugar próprio para comercializar seus produtos, eliminando a figura do atravessador e garantindo um preço mais acessível ao consumidor final", destaca Saldanha.

 

A expectativa é que a Central beneficie em torno de 1.200 agricultores familiares e comercialize uma média de R$ 313 mil por mês, com a venda de 170 toneladas de itens. Ocupando uma área de cinco mil metros quadrados ao lado da Ceasa/RN, o equipamento possui área construída de 2,7 mil metros quadrados e 78 vagas de estacionamento.

 

As obras estruturais estão passando pelos ajustes finais e, paralelamente a isso, a Emater/RN realiza licitações de equipamentos e móveis. O investimento total na compra dos itens será de R$ 1.570.000,00, sendo R$ 1.413.000,00 provenientes do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e o restante referente à contrapartida do Governo do Estado. Já a reforma e recuperação da estrutura da Central estão orçadas em pouco mais de R$ 616 mil.

 

 

Saiba mais

Fruto de uma parceria do Executivo estadual com o Ministério do Desenvolvimento Agrário, a Central foi inaugurada em 2010 sem estar pronta para uso e nunca chegou de fato a funcionar. Em 2015, o Governo do Estado por meio da Sape concluiu a construção de uma caixa d'água, sistema que faltava para que o equipamento conseguisse autorização do Corpo de Bombeiros para operar. No entanto, com o desgaste e a depredação proporcionada pelos vândalos ao longo dos últimos anos, foi necessário reconstruir parte da estrutura, reformar e instalar novamente fiação elétrica e equipamentos hidráulicos.

 

 


0 Comentário

Av. Senador Salgado Filho, 2190 - Ed. Portugal Center - 207/209 - Fone: (84) 3206-9578
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo