Prefeitura

Tudo sobre economia, finanças, negócios e investimentos

O que é e como funciona o Mercado de Crédito?

04/08/2017 15h23

NATAL/RN – Pra começar, preciso esclarecer que esse post terá continuidade em mais três partes nas próximas sextas-feiras. Isso mesmo, terá continuidade, porque como eu disse no post passado, existem 04 (quatro) mercados no nosso Sistema Financeiro Nacional (SFN), o Mercado de Crédito, o Mercado Monetário, Mercado Cambial e por fim, o famoso Mercado de Capitais.

 

A grosso modo o Mercado de Crédito é onde são transacionadas operações de concessão e tomada de empréstimos. Então, sabendo disso, já se percebe que o mercado tem duas partes, concorda? A parte concessora e a parte tomadora do crédito.

 

Já lhe fizeram a seguinte indagação: “Juros são bons ou ruins?”? E você lembra da resposta que deram a você?

Pois bem, a resposta é simples: DEPENDE. Depende de qual lado você está. Então, se há dois lados, vamos entender quais são.

 

O lado do Tomador – é o lado de quem precisa do crédito, do dinheiro, da bufunfa, do “faz-me-rir”, e por esse motivo, solicita crédito a alguém que tenha.

O lado do Concessor – é o lado de quem empresta, ou cede o crédito para quem precisa de dinheiro.

 

No lado tomador existem as famílias e as empresas, que por seus motivos individuais carecem de crédito em determinados momentos de suas operações.

 

No lado Concessor, as instituições financeiras, que realizam operações de empréstimos de várias modalidades, com taxas de remuneração do valor concedido e prazos pré-definidos no momento das contratações das operações.

 

Ambas as partes participam ativamente da nossa economia, cada uma no seu quadrado.

 

Segundo o dicionário Aurélio, a definição de crédito é: “cessão de mercadoria, serviço, ou importância em dinheiro, para pagamento futuro.

 

Ambas as partes estabelecem uma relação contratual entre si, em que pactuam custos do crédito, análise de perfil e de risco de inadimplência, etc. Essa relação pode ser inclusive informal, porém, por esse motivo, não se tem registros estatísticos de o quanto representam do mercado de crédito. Compete à Secretaria de Políticas Macroeconômicas avaliar os indicadores econômicos e de mercados relativos ao setor financeiro, bem como avaliar o impacto e a efetividade dos programas do governo federal associados à concessão de benefícios financeiros e créditos.

 

Como exemplo de concessão de crédito se tem as aquisições de bens, crédito imobiliário, crédito para capital de giro, entre outros.

 

Um grande e ferrenho entrave do Mercado de Crédito é a famigerada inflação, pois interfere diretamente no consumo e limita ou amplia a demanda por crédito na nossa economia.

 

A gente se vê na próxima semana.

 

Forte abraço.

 

Até lá.


0 Comentário

Av. Senador Salgado Filho, 2190 - Ed. Portugal Center - 207/209 - Fone: (84) 3206-9578
2010 ® Portal Mercado Aberto. Todos os direitos reservados.
ponto criativo